Celeiro de ícones da música brasileira, MS lança festival para descobrir novos talentos

Campo Grande (MS) – Conhecido no País por exportar grandes artistas da música brasileira, Mato Grosso do Sul irá realizar o I Festival de Música da Juventude Jovem Show, com o objetivo de descobrir novos talentos e divulgar a música regional. O edital para abertura de inscrições foi assinado nesta quinta-feira (6.7) pelo secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, e subsecretário de Políticas Públicas da Juventude, Thiago de Freitas Santos, na presença do governador Reinaldo Azambuja.

O evento ocorreu na Governadoria e contou com a presença de representantes de movimentos de jovens, secretários municipais de diversos municípios do interior do Estado e autoridades, além de apresentação musical do artista Guga Borba. “Eu não tenho dúvidas de que esse festival será um marco, um passo à frente para construirmos políticas duradouras para os jovens de Mato Grosso do Sul”, declarou o governador.

Reinaldo Azambuja destacou que investimentos culturais em festivais e festas tradicionais – nesta manhã lançou também a 24ª edição do Leitão no Rolete – aliam a possibilidade de resgate cultural ao desenvolvimento. “Poucos sabem, mas a cada um real investido em festas tradicionais, as cidades que as abrigam ganham sete reais em movimentação econômica”, explicou. Ele lembrou que os índices de homicídios no País, que atingem principalmente os jovens, reforçam a necessidade de incentivos e políticas públicas, inclusive na área da Cultura, que permitam novas oportunidades a eles.

Athayde Nery destacou o empenho do Governo em garantir ações de inclusão aos jovens, mulheres, índios e diversas outras etnias. “Somos um dos poucos estados do País que têm a cultura e cidadania no primeiro escalão”, observou. Ele lembrou que mesmo antes da abertura das inscrições, mais de 42 grupos de jovens já manifestaram interesse em participar do festival. “Isso que a gente está fazendo é dar uma oportunidade aos jovens”, destacou.

“Essa é uma forma de mostrar que acreditamos nos nossos jovens. E educação de qualidade não se faz sem cultura”, destacou a reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, Leocádia Leme, também presente no evento.

Celeiro de talentos

Subsecretário de Políticas Públicas da Juventude, Thiago de Freitas Santos destacou a importância de investimento na música sul-mato-grossense, que já deu inúmeras provas de seu potencial. Ele lembrou de jovens artistas que saíram de MS e conquistaram o País, alguns inclusive com sucessos reconhecidos internacionalmente.

Entre eles estão Michel Teló, o ídolo teen Luan Santana, além de duplas sertanejas de sucesso como João Bosco e Vinícus e Maria Cecília e Rodolfo. Isso somente nos últimos anos, sem contar nomes já consagrados há tempos, como Almir Sater e Ney Matogrosso. “Temos vários ícones da música jovens que saíram daqui do Estado, por isso é importante investir na cultura de MS”, reforçou Thiago.

Músico profissional desde 1995, Thiago disse acreditar na cultura musical como forma de contribuir para o desenvolvimento da juventude. “A música traz emprego, renda e traz felicidade”, afirmou.

Além da descoberta e incentivo aos novos talentos, o festival tem entre seus objetivos a divulgação da cultura sul-mato-grossense. O edital assinado nesta quinta-feira (6.7) será publicado no Diário Oficial. O período de inscrição no Festival vai de 7 de julho a 5 de agosto. Mais informações estarão disponíveis no site, a partir da publicação do edital. Confira mais fotos.

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Chico Ribeiro